Chefe de agência atômica da ONU visita Chernobil 36 anos após desastre nuclear

Rafael Mariano Grossi prestou tributo às vítimas do acidente mais severo da história da energia nuclear; quase 8,4 milhões de pessoas em três países foram expostas à radiação depois da explosão em 1986; neste 26 de abril, ONU marca Dia Internacional em Memória do Desastre de Chernobil.


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...