A-Z índice do site

Cooperativa do Cerrado ganha prêmio da ONU com iniciativa sobre biodiversidade 

Uma cooperativa de indígenas do Brasil está entre a série de iniciativas reconhecidas este ano no 12º Prêmio Equador. O anúncio foi feito pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud. 

A Cooperativa Mista de Agricultores Familiares, Extrativistas, Pescadores, Vazanteiros, Assentados e Guias Turísticos do Cerrado foi um dos 10 selecionados entre mais de 600 indicações de 126 países. 

Biodiversidade  

Um comitê independente de especialistas concedeu a distinção a intervenções comunitárias que promovem iniciativas que ajudam a travar a crise de biodiversidade. Outros vencedores são de países como Quirguistão, Bolívia, Camarões, Costa Rica, Equador, Índia, Níger e México.  

A CoopCerrado sobressaiu por usar “o marketing criativo de dezenas de produtos orgânicos de origem sustentável da região”, que é uma das mais ricas do mundo em biodiversidade.  

UNEP

Ex-modelo Gisele Bündchen participando da campanha #Wildforlife. Ela também apoia o Prêmio Equador

UNEP

Mais de 4,6 mil famílias do Cerrado são beneficiadas pela melhora da subsistência local, proteção da biodiversidade e apoio à criação de reservas de uso sustentável no que se considera “um exemplo para a economia verde”. 

Os vencedores do Prêmio Equador receberão US$ 10 mil e participarão em eventos especiais associados à Assembleia Geral da ONU. Um deles é o Nature for Life Hub, sobre soluções naturais. O outro é a Cúpula da ONU sobre Sistemas Alimentares.   

Gisele Bündchen 

Governos da Noruega, Alemanha e Suécia apoiam a parceria que integra presidentes e agências da ONU como o Programa para o Meio Ambiente, Pnuma, e a Fundação das Nações Unidas. 

Entre as celebridades envolvidas está a ex-modelo brasileira Gisele Bündchen, ao lado dos atores Edward Norton, Alec Baldwin e outros filantropos. 

Pelo menos 255 comunidades de mais de 80 países já receberam o Prêmio Equador desde seu início em 2002.   

O Cerrado brasileiro é uma das mais ricas do mundo em biodiversidade

Karina Berbert Bruno

O Cerrado brasileiro é uma das mais ricas do mundo em biodiversidade

O reconhecimento é dado a comunidades locais e indígenas de todo o mundo por soluções locais, inovadoras e baseadas na natureza para combater a perda de biodiversidade e as mudanças climáticas. Outra meta e alcançar seus objetivos de desenvolvimento local, mesmo durante uma pandemia.  

Exemplo  

Para etapa de retoma após a pandemia, o administrador do Pnud, Achim Steiner, disse que é preciso uma transformação profunda nos modelos econômicos e de desenvolvimento impulsionando a proteção e a restauração da natureza. 

O chefe da agência disse que este ano é um exemplo dos tipos de mudanças que são necessários de imediato para fornecer a inspiração para seguir adiante na recuperação.  


Especialista da ONU pede ação para o fim de ataques online contra povos Roma

Apelo é feito aos governos durante a observação de 2 de agosto, Dia em Memória ao Holocausto Cigano; tragédia ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial, quando 3 mil pessoas foram assassinadas nas câmaras de gás; relator...

Cartoonista português vence concurso internacional sobre trabalho forçado promovido pela OIT

Três cartoonistas de Portugal, do Uzbequistão e da Turquia venceram um concurso internacional de cartoon que pretende sensibilizar para a problemática da escravatura moderna.  Para assinalar...

Semana Mundial da Amamentação destaca que responsabilidade é partilhada 

Os primeiros sete dias de agosto marcam a Semana Mundial da Amamentação. Todos os anos, autoridades de saúde realizam atividades nacionais e internacionais para...