Dia Internacional do Voluntário

Voluntários em campanha contra o Ébola na Libéria

A Agenda 2030 luta por um mundo justo, equitativo, tolerante, aberto e socialmente inclusivo, no qual as necessidades dos mais vulneráveis ​​são consideradas.

O voluntariado é um mecanismo poderoso para envolver as pessoas, especialmente as que estão mais afastadas de alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Ao serem voluntários, as pessoas relacionam-se com outras e promovem um propósito.

O tema do Dia Internacional do Voluntário deste ano, ‘Voluntário para um futuro inclusivo’, assinala que, através do voluntariado, as pessoas fazem contribuições significativas para sociedades mais inclusivas e igualitárias.

Através de ações voluntárias, muitos dos que estão à margem podem vir a ser incluídos nas sociedades. Por exemplo, a “iniciativa #HerStory”, com 500 editores voluntários em todos os Estados árabes, aumentou a representação das mulheres na Wikipédia em árabe, alcançando uma maior inclusão de género na cultura da região. Na Índia, voluntários da ONU da “Campanha Índia Acessível” aumentaram a acessibilidade para pessoas com deficiência, auditando 1.600 edifícios públicos em 25  principais cidades. Em campos de refugiados de todo o mundo, as próprias pessoas deslocadas são também voluntárias para a educação das crianças e para uma melhor compreensão intercultural.

Para além de aumentarmos o número de voluntários da ONU para contribuir com atividades do sistema da ONU que apoiem a Agenda 2030, devemos continuar a promover o voluntariado em todo o mundo, uma vez que este alimenta a solidariedade e a coesão por meio de valores subjacentes à cooperação e à reciprocidade.

O voluntariado é essencial para garantir que os esforços globais de desenvolvimento sustentável sejam propriedade de todas as pessoas, implementados por todos e para todas as pessoas.

No Dia Internacional dos Voluntários deste ano, agradeço a todos os voluntários de todo o mundo que tornam o mundo um lugar mais inclusivo e tolerante.