Inverno intenso e nevascas dificultam operações humanitárias no Afeganistão

O Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, está alertando para as condições ainda mais severas enfrentadas pela população do Afeganistão devido ao inverno intenso. 

Nevascas e chuvas fortes já causaram impactos em várias áreas do país nos últimos dias, com a neve suspendendo voos de chegadas e de partidas no aeroporto da capital, Cabul. 

Apelos financeiros 

Família desalojada em Cabul beneficiada com assistência da ONU.

Foto: ©UNHCR/Andrew McConnell

Família desalojada em Cabul beneficiada com assistência da ONU.

Segundo o Ocha, a previsão dos serviços meteorológicos é de mais neve e baixas temperaturas nos próximos dias. Com isso, os trabalhadores humanitários estão correndo contra o tempo para conseguir entregar ajuda essencial e itens básicos à população do Afeganistão.

No mês de dezembro, cerca de 7 milhões de pessoas foram beneficiadas com a entrega de assistência humanitária e de comida por todo o país. O Ocha revela ainda que muitas famílias em várias áreas do Afeganistão irão receber kits para o inverno, com itens para amenizar o frio intenso, além de assistência em dinheiro. 

Segundo o Escritório da ONU, os doadores internacionais forneceram US$ 1,5 bilhão para operações humanitárias no Afeganistão em 2021. Em setembro, o secretário-geral António Guterres lançou um apelo de emergência de US$ 606 milhões, sendo que os doadores enviaram mais, um total de US$ 776 milhões.

Já o Plano de Resposta Humanitária buscava US$ 869 milhões para entregar assistência aos afegãos, mas foram recebidos US$ 730 milhões. 
 


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...