A-Z índice do site

Mensagem do secretário-geral da ONU no Dia Mundial da Saúde

Neste Dia Mundial da Saúde, chamamos a atenção para as injustiças e desigualdades dos nossos sistemas de saúde.

A crise da covid-19 expôs o quanto as nossas sociedades são desiguais.

Em todos os países, a doença e as mortes por covid-19 têm ocorrido mais entre as pessoas e comunidades que enfrentam a pobreza, condições de vida e trabalho desfavoráveis, discriminação e exclusão social.

Mundialmente, a grande maioria das vacinas administradas deu-se em países ricos ou países produtores de vacinas.

Graças à iniciativa COVAX, mais nações começam a receber fornecimentos de vacinas, mas a maioria das pessoas em países de baixo e médio rendimento ainda está à espera.

Estas desigualdades são imorais e ameaçam a nossa saúde, as nossas economias e as nossas sociedades.

Enquanto recuperamos da pandemia, devemos implementar políticas e mobilizar recursos para que todos possam desfrutar dos mesmos resultados na saúde.

Isso significa alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030.

E significa oferecer cobertura universal de saúde para que todos, em todos os lugares, possam ter sucesso.

Neste Dia Mundial da Saúde, vamos comprometer-nos a trabalhar juntos por um mundo saudável e igualitário.


Novo guia quer impulsionar comércio agrícola entre países da África 

Uma nova publicação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, FAO, e da União Africana quer impulsionar o comércio agrícola regional...

Conselho de Segurança autoriza envio de monitores de cessar-fogo para a Líbia 

O Conselho de Segurança aprovou, esta sexta-feira, por unanimidade, o envio de até 60 monitores para acompanhar o cessar-fogo na Líbia. Pela proposta do secretário-geral da ONU, António Guterres, ao órgão, os especialistas serão despachados à cidade de Sirte após o cumprimento...

OMS quer ouvir os jovens

Embora, em grande parte, poupados do impacto físico da covid-19, os jovens, em todo o mundo, permanecem entre os mais afetados pela pandemia. As restrições...