A-Z índice do site

Objetivo 10: Reduzir as desigualdades

  • Até 2030, progressivamente alcançar, e manter de forma sustentável, o crescimento do rendimento dos 40% da população mais pobre a um ritmo maior do que o da média nacional.

  • Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, económica e política de todos, independentemente da idade, género, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição económica ou outra.

  • Garantir a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultados, inclusive através da eliminação de leis, políticas e práticas discriminatórias e da promoção de legislação, políticas e ações adequadas a este respeito.


    Crianças brincam com lixo no numa Favela do Camboja. As crianças brincam com lixo nas favelas Stung Meanchey de Phnom Penh, onde vivem cerca de 2.000 pessoas no lixo e ganham a vida a vender lixo reciclável. De acordo com o Relatório dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio da ONU de 2007, mil milhões de pessoas, ou aproximadamente um em cada três moradores urbanos, vivia em condições precárias. 28/07/2008. Phnom Penh, Camboja. Foto: ONU / Parque Kibae
  • Adotar políticas, especialmente ao nível fiscal, salarial e de proteção social, e alcançar progressivamente uma maior igualdade.

  • Melhorar a regulamentação e monitorização dos mercados e instituições financeiras globais e fortalecer a implementação de tais regulamentações.

  • Assegurar uma representação e voz mais forte dos países em desenvolvimento em tomadas de decisão nas instituições económicas e financeiras internacionais globais, a fim de produzir instituições mais eficazes, credíveis, responsáveis e legítimas.

  • Facilitar a migração e a mobilidade das pessoas de forma ordenada, segura, regular e responsável, inclusive através da implementação de políticas de migração planeadas e bem geridas.

  • Implementar o princípio do tratamento especial e diferenciado para países em desenvolvimento, em particular para os países menos desenvolvidos, em conformidade com os acordos da Organização Mundial do Comércio.

  • Incentivar a assistência oficial ao desenvolvimento e fluxos financeiros, incluindo o investimento externo direto, para os Estados onde a necessidade é maior, em particular os países menos desenvolvidos, os países africanos, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento e os países em desenvolvimento sem litoral, de acordo com seus planos e programas nacionais.

  • Até 2030, reduzir para menos de 3% os custos de transação de remessas dos migrantes e eliminar os mecanismos de remessas com custos superiores a 5%.

Ataques mataram mais de 700 profissionais da área da saúde nos últimos anos

Mais de 700 profissionais do setor da saúde e pacientes morreram nos últimos três anos em mais de 2,7 mil ataques violentos que aconteceram em diversos países....

Com apoio de Cafu, OMS e Fifa lançam campanha pela saúde mental

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e a Federação Internacional de Futebol, Fifa, estão lançando a campanha #ReachOut, ou “Estenda a Mão”. O objetivo...

Especialista da ONU pede ação para o fim de ataques online contra povos Roma

Apelo é feito aos governos durante a observação de 2 de agosto, Dia em Memória ao Holocausto Cigano; tragédia ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial, quando 3 mil pessoas foram assassinadas nas câmaras de gás; relator...