A-Z índice do site

Objetivo 12: Produção e Consumo Sustentáveis

  • Implementar o Plano Decenal de Programas sobre Produção e Consumo Sustentáveis, com todos os países a tomar medidas, e os países desenvolvidos assumindo a liderança, tendo em conta o desenvolvimento e as capacidades dos países em desenvolvimento.

  • Até 2030, alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais.

  • Até 2030, reduzir para metade o desperdício de alimentos per capita a nível mundial, de retalho e do consumidor, e reduzir os desperdícios de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo os que ocorrem pós-colheita.

  • Até 2020, alcançar a gestão o ambientalmente saudável dos produtos químicos e todos os resíduos, ao longo de todo o ciclo de vida destes, de acordo com os marcos internacionais acordados, e reduzir significativamente a libertação destes para o ar, água e solo, para minimizar seus impactos negativos sobre a saúde humana e o meio ambiente.

  • Até 2030, reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reutilização.

  • Incentivar as empresas, especialmente as de grande dimensão e transnacionais, a adotar práticas sustentáveis e a integrar informação sobre sustentabilidade nos relatórios de atividade.


    Foto de um Projeto de Impacto Rápido em Gao, Mali, gerido pela Missão Multidisciplinar de Estabilização Integrada das Nações Unidas no Mali (MINUSMA). O projeto agrícola busca melhorar as condições da comunidade e atender às necessidades dos agricultores locais, promovendo o emprego dos jovens, dando apoio às atividades de subsistência, com o objetivo de reduzir a alta taxa de saída de jovens de Gao para outros locais. Além de cultivar e criar aves de capoeira e horticultura, a comunidade local planeia expandir a pecuária para vacas e outros pequenos ruminantes. Foto: ONU/Harandane Dick 13 de maio de 2017, Gao, Mali
  • Promover práticas de compras públicas sustentáveis, de acordo com as políticas e prioridades nacionais.

  • Até 2030, garantir que as pessoas, em todos os lugares, tenham informação relevante e consciencialização para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza.

  • Apoiar países em desenvolvimento a fortalecer as suas capacidades científicas e tecnológicas para mudarem para padrões mais sustentáveis de produção e consumo.

  • Desenvolver e implementar ferramentas para monitorizar os impactos do desenvolvimento sustentável para o turismo sustentável, que gera empregos, promove a cultura e os produtos locais.

  • Racionalizar subsídios ineficientes nos combustíveis fósseis, que encorajam o consumo exagerado, eliminando as distorções de mercado, de acordo com as circunstâncias nacionais, inclusive através da reestruturação fiscal e da eliminação gradual desses subsídios prejudiciais, caso existam, para refletir os seus impactos ambientais, tendo plenamente em conta as necessidades específicas e condições dos países em desenvolvimento e minimizando os possíveis impactos adversos sobre o seu desenvolvimento de uma forma que proteja os pobres e as comunidades afetadas.

últimos artigos