A-Z índice do site

OMS anuncia ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown como embaixador 

O ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, foi nomeado embaixador para o Financiamento Global da Saúde. 

Ao anunciar a escolha, a Organização Mundial da Saúde, OMS, realçou que o ex-premiê é largamente reconhecido “por ter evitado uma segunda Grande Depressão” quando aconteceu a Cúpula do grupo das maiores economias mundiais, G-20, em Londres em 2009.  

Crise 

A OMS destaca ainda a mobilização feita por Brown a líderes mundiais para uma promessa adicional de US$ 1,1 trilhão para restaurar o crédito, o crescimento e os empregos em favor da economia mundial na crise financeira global da época. 

A agência da ONU realça ainda o que considera como “campanha incansável” realizada nos últimos meses para que as nações ricas e o setor privado garantam a distribuição equitativa das vacinas da Covid-19.” 

Ex-chefe do governo britânico prioriza trabalho conjunto para incentivar vacinação contra a Covid-19

ADB/Veejay Villafranca

Ex-chefe do governo britânico prioriza trabalho conjunto para incentivar vacinação contra a Covid-19

Nesses esforços, Brown tem defendido “um esforço global combinado para salvar vidas, especialmente nos países mais pobres, para ajudar a acabar com a pandemia e a restaurar os meios de subsistência em todo o mundo”. 

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, expressou satisfação e honra porque o ex-premiê britânico concordou em servir como embaixador da agência que dirige, em defesa do financiamento global da saúde. 

Financiamento 

Ghebreyesus explicou ainda que nas novas funções, Brown elevará e apoiará o trabalho da OMS “para aumentar a consciência internacional sobre a grande necessidade de financiamento sustentado para a saúde global.” A atuação de Brown terá maior foco junto aos países do G-20 e do grupo das economias mais avançadas, G-7. 

A nota anunciando o novo embaixador do Financiamento Global elogia ainda o “intelecto aguçado, o compromisso firme e o profundo senso de justiça” do ex-premiê que carrega para a nova tarefa. 

Maioria dos países teve quedas nas taxas de vacinação infantil na pandemia em 2020

Unicef/Helene Sandbu Ryeng

Maioria dos países teve quedas nas taxas de vacinação infantil na pandemia em 2020

Após aceitar a nomeação, Brown manifestou grande satisfação por poder ajudar o trabalho da agência “na obtenção de financiamento global para garantir que todos tenham acesso à saúde”. 

O ex-chefe do governo britânico aponta que a tarefa imediata será trabalhar em conjunto para que seja incentivada a vacinação em todo o mundo e para “proteger os países mais pobres dos efeitos da Covid-19 e de outras doenças.” 


México presenteia Nações Unidas com estátua “guardiã da paz e da segurança”

Um jaguar para guardar a paz e a segurança internacionais foi colocado na entrada principal da ONU em Nova Iorque, no mês passado, para...

Violência sexual é usada para “aterrorizar, degradar e humilhar” na Etiópia

A violência sexual generalizada e de gênero no conflito no nordeste da Etiópia teriam “sido usadas ​​como parte de uma estratégia deliberada para aterrorizar,...

Crime organizado e pandemia causaram deslocamento de 1 milhão no México e na América Central

Quase 1 milhão de pessoas já deixaram suas casas no México e em países da América Central devido a uma combinação de fatores, como falta de oportunidades,...