ONU marca Dia Mundial do Autismo pedindo educação inclusiva

Este 2 de abril marca o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. 

Em mensagem, o secretário-geral da ONU lembrou a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiências e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para defender a inclusão de quem vive com autismo na sociedade, de forma plena.

Escolha

António Guterres ressaltou que muitas pessoas vivem isoladas, sofrem discriminação e estão desconectadas de suas sociedades e até mesmo da própria casa.

Todos os anos, a ONU marca o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo em 2 de abril

Unsplash/Michal Parzuchowski

Todos os anos, a ONU marca o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo em 2 de abril

E a pandemia só piorou esse quadro ao reduzir serviços de assistência, o contato com a escola e com as pessoas. Para Guterres, a recuperação da pandemia passa pela integração plena das pessoas que vivem com deficiências incluindo com autismo.

Este ano, o tema é educação inclusiva. A ONU está pedindo mais programas educativos, treinamento vocacional e sistemas que ofereçam às pessoas com autismo uma escolha para seus futuros. 
Guterres disse ainda que as soluções tecnológicas são fundamentais para ajudar quem vive com autismo a se movimentar de forma mais independente na sociedade.

O Dia Mundial sobre Autismo foi declarado pela Assembleia Geral com o foco na qualidade de vida e integração.

Primeira infância

O autismo é de origem neurológica e se manifesta na primeira infância independentemente de gênero, raça e condição socioeconômica.

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

UNICEF

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

A expressão espectro de autismo refere-se a uma série de características. Neste Dia Mundial, a ONU afirma que o apoio adequado, aceitação e acomodação da variação neurológica permitirá o que estão no espectro a desfrutar de oportunidades iguais e de uma plena participação em suas comunidades.

O autismo é marcado principalmente por interações sociais únicas, formas de aprendizado fora dos padrões e por um interesse particular em temas específicos. 

Estigma

Além disso, existe uma tendência para a rotina, desafios e formas de comunicação e maneiras particulares de processar as informações sensoriais.

A taxa de autismo em todas as regiões do mundo é considerada alta e a falta de compreensão sobre o tema tem um grande impacto sobre os indivíduos, suas famílias e comunidades que convivem com o autismo.

O estigma a e a discriminação associados às diferenças neurológicas seguem sendo obstáculos para o diagnóstico e o tratamento. Segundo a ONU, este é um tema que deve ser encarado por legisladores e pelo público em países em desenvolvimento e em nações doadoras.

No Egito, Mahmoud, que tem autismo, participa de uma atividade com letras.

© Unicef/Rehab El-Dalil

No Egito, Mahmoud, que tem autismo, participa de uma atividade com letras.


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...