A-Z índice do site

ONU oferece “Bilhetes Verdes” para a Cimeira da Juventude para o Clima

As Nações Unidas acreditam que a juventude deve liderar a luta contra as alterações climáticas e convida os jovens de todo o mundo a dar voz a soluções para a emergência climática.

As Nações Unidas convidam os jovens de todo o mundo a participar na Cimeira do Clima da Juventude, realizada na sede da ONU, em Nova Iorque, no dia 21 de setembro. Esta é uma oportunidade para os jovens que querem partilhar uma mensagem importante com a comunidade global sobre as alterações climáticas. Os interessados ​​devem candidatar-se até ao dia 19 de julho.

Para reconhecer o papel fundamental da juventude no combate às alterações climáticas, a ONU anunciou que vai oferecer mais de 100 “Bilhetes verdes” aos jovens, em particular de países em desenvolvimento, para participarem na Cimeira. Os bilhetes são uma oportunidade de financiamento e abrangem os custos da passagem para Nova Iorque através de uma companhia aérea neutra em carbono.

A Cimeira da Juventude para o Clima vai reunir jovens inovadores, empreendedores e ativistas para discutir ideias e apresentar soluções contra as alterações climáticas. Os jovens vão poder dar voz às suas ideias e assumir um papel, no panorama global, como atores relevantes da sociedade capazes de tomar decisões em conjunto com os representantes dos governos, empresas e organizações da sociedade civil, em sintonia com a Estratégia da Juventude da ONU: “Juventude 2030” lançada pelo Secretário-geral, António Guterres, no ano passado.

Candidaturas

A Cimeira destina-se a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos, que apresentem uma ideia ou um projeto inovador de combate às alterações climáticas.

Os jovens podem inscrever-se até ao dia 19 de julho e todos os candidatos serão considerados para um “Bilhete Verde” rumo a Nova Iorque. As candidaturas podem ser feitas através do site oficial da Cimeira do Clima da Juventude que inclui também informação sobre a participação de jovens com menos de 18 anos. Aqueles que não conseguirem estar presentes na sede da ONU vão poder participar nas atividades da Cimeira virtualmente.

As candidaturas serão selecionadas com base no mérito, incluindo o compromisso demonstrado para com a ação climática e a sua resolução. A alocação dos “Bilhetes verdes” vai garantir que jovens de todas as regiões do mundo tenham uma oportunidade equitativa de participar na Cimeira.

As inscrições serão analisadas por um painel liderado pela enviada especial da ONU para a juventude, Jayathma Wickramanayake. O painel incluirá especialistas das Nações Unidas e da sociedade civil com experiência nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e refletirá a interdependência da ação climática com o desenvolvimento sustentável.

O anúncio dos “Bilhetes verdes” foi feito em Abu Dhabi esta segunda-feira, onde cerca de duas mil pessoas de 160 países se reuniram para uma reunirão preparatória para a Cimeira de Ação Climática, a decorrer no dia 23 de setembro.

A Cimeira da Juventude para o Clima ocorre um dia depois da “Sexta-Feira pelo Futuro do Clima” (20 de setembro) – uma mobilização global sem precedentes com o objetivo de alertar sobre a emergência climática.

“É inspirador ver os jovens a liderar a tomada de ações e soluções para as alterações climáticas. Esta será uma experiência incrível e precisamos de todo o talento da nossa juventude para causar o impacto que precisamos”, afirmou a vice-secretária-geral da ONU, Amina J. Mohammed, ao anunciar a abertura das inscrições.

A vice-secretária-geral da ONU convida membros do setor privado e outros interessados a apoiar a iniciativa e a entrar em contato através de correio eletrónico: [email protected].

2 de julho de 2019


últimos artigos