Secretário-geral da ONU condena ataque na Líbia

Em nota emitida pelo seu porta-voz, o secretário-geral condenou nos termos mais fortes o ataque com carro-bomba ocorrido neste sábado, dia 10 de agosto, em Benghazi, na Líbia. Três funcionários das Nações Unidas foram mortos no atentado e outros três estão entre os feridos.

António Guterres estendeu suas mais profundas condolências às famílias das vítimas e desejou uma recuperação rápida a todos os feridos. Ele apela às autoridades líbias para que não poupem esforços para identificar e levar rapidamente à justiça os autores deste ataque.

O secretário-geral pede que todas as partes respeitem a trégua humanitária durante o Eid al Adha e retornem à mesa de negociações para buscar o futuro pacífico que o povo da Líbia merece.


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...