Unicef estima que 375 mil bebês venham ao mundo neste primeiro dia do ano 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, estima que 375 mil bebês nascerão neste primeiro dia do Ano Novo.  

O primeiro bebê é esperado em Fiji e o último nos Estados Unidos. 

O Unicef diz que rimeiro bebê é esperado em Fiji e o último nos Estados Unidos, Unicef/Ilvy Njiokiktjien

Índia e China 

Mais de metade desses nascimentos é aguardada em 10 nações. Índia com 59.995, seguida por China com 35.615, Nigéria com 21.439 e Paquistão com 14.161. 

A lista inclui Indonésia com 12.336, Etiópia com 12.006, Estados Unidos: 10.312, Egito com 9.455, Bangladesh com 9.236 e República Democrática do Congo com 8.640.  

De acordo com a diretora executiva do Unicef, Henrietta Fore, os primeiros bebês do ano herdarão um “mundo mais justo, seguro e saudável para as crianças”, que começa a ser construído agora. 

Direito  

Em 2021, o Unicef marcará seu 75º aniversário. A agência prevê organizar eventos e anúncios sobre proteção de crianças contra conflitos, doenças e exclusão e  defesa do seu direito à sobrevivência, saúde e educação.  

Em tempos de pandemia, Fore realça a necessidade maior que nunca de combate a  desafios como recessão econômica, aumento da pobreza e desigualdade. 

Ela lembrou que o Unicef tem mais de sete décadas de trabalho em áreas de conflitos, migrações, desastres naturais e crises, renovando o “compromisso de proteger as crianças, defender os seus direitos e garantir que as suas vozes sejam ouvidas onde quer que vivam.” 

Unicef/Francis Emorut

Bebê de um ano, no Uganda, sendo atendido por pessoal hospitalar


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...