Unicef garante salário de professores no Afeganistão por dois meses

O Fundo da ONU para Infância, Unicef, está enviando apoio financeiro emergencial aos professores da educação pública no Afeganistão para janeiro e fevereiro.

O pagamento, financiado pela União Europeia, será de US$ 100 mensais por professor. Segundo o Unicef, cerca de 194 mil profissionais receberão o auxílio. Com isso, a agência busca reconhecer o papel crucial dos docentes na educação de milhões de crianças afegãs.

Estudante escrevendo no quadro-negro em uma escola da cidade de Herat, Afeganistão

© UNICEF/Sayed Bidel

Estudante escrevendo no quadro-negro em uma escola da cidade de Herat, Afeganistão

Apoio contínuo

O representante do Unicef no Afeganistão, Mohamed Ayoya, afirmou que a entidade precisa de US$ 250 milhões para continuar apoiando professores das escolas públicas.

Ele pediu ajuda aos doadores para esta iniciativa, que permitirá o acesso contínuo à educação para meninas e meninos.

O Unicef também está implementando outras ações para fortalecer o sistema educacional no Afeganistão, apoiando educação comunitária, distribuição de materiais de ensino e aprendizagem e treinamento de professores, especialmente de profissionais mulheres.

Segundo o fundo, cerca de 8,8 milhões alunos estão matriculados em escolas públicas no Afeganistão.

O Unicef continua a defender que todas as crianças possam voltar à escola após as férias de inverno.

De acordo com a agência da ONU, as escolas são mais do que estruturas onde as crianças aprendem; elas são um espaço seguro, de proteção e apoio psicossocial, incluindo contra abuso e exploração.


Direito Internacional e Justiça

Entre as maiores conquistas das Nações Unidas está o desenvolvimento de um corpo de leis internacionais, convenções e tratados que promovem o desenvolvimento económico...