A-Z índice do site

Dia Internacional da Cobertura Universal de Saúde

No passado mês de setembro, nas Nações Unidas, os líderes mundiais apoiaram uma declaração política ambiciosa sobre a cobertura universal de saúde, reafirmando a saúde como um direito humano. Este acordo é uma conquista significativa para impulsionar o progresso, na próxima década, para alcançar os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Neste Dia Internacional da Cobertura Universal de Saúde, apelo aos líderes para que cumpram a sua promessa e assegurem que a saúde para todos seja uma realidade para todas as pessoas, em todos os lugares.

À medida que cada vez mais pessoas ganham acesso a cuidados essenciais de saúde, muitas continuam a perdê-lo. É inaceitável e injusto que metade da população mundial ainda não tenha acesso a esses serviços essenciais e que 100 milhões de pessoas sejam empurradas todos os anos para situações de pobreza extrema por causa dos custos associados aos serviços de saúde.

A cobertura de saúde de uma pessoa não deve depender da sua riqueza ou do local onde vive.

No nosso caminho para alcançar a saúde para todos, devemos estabelecer como prioridades as necessidades dos mais vulneráveis ​​e excluídos, através do aumento do investimento público em sistemas resilientes de cuidados primários de saúde, nos quais se englobam as necessidades de saúde mental. Devemos também reconhecer o crescente peso que a poluição e a crise climática representam para os sistemas e cuidados de saúde.

A cobertura universal de saúde é essencial para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que constituem o nosso modelo para um futuro melhor para as pessoas e o planeta.

Neste Dia Internacional, reafirmamos o nosso compromisso para com a saúde universal como um investimento na humanidade, no bem-estar e na prosperidade para todos.

ONU News