A-Z índice do site

Projeto da Universidade de Coimbra entre finalistas de concurso da ONU

O projeto R€cycler, da Universidade de Coimbra, está entre os seis finalistas do 2030 Campus Challenge. A fase final do concurso, lançado em outubro do ano passado, terá lugar no próximo dia 5 de junho, por videoconferência, e reunirá seis equipas internacionais, formadas por estudantes e professores de diversas instituições universitárias, que terão a oportunidade de apresentar as suas propostas inovadoras para campos universitários sustentáveis ​​e inclusivos perante um júri composto por organizações como a ONU, a AUF, a Enactus, a Groupe SOS e a Impact Campus

Aberto a equipas de estudantes e/ou professores, a iniciativa, organizada pela Agência Universitária da Francofonia (AUF) com o apoio do Centro de Informação Regional das Nações Unidas (UNRIC) e da start-up francesa Agorize, mobilizou, na sua primeira fase, 283 equipas e 1351 participantes de 97 nacionalidades, 50,2% dos quais eram mulheres, e estudantes em 87 países diferentes.

O desafio principal era a proposta de um projeto que tivesse impacto direto em pelo menos três dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estando enquadrado num dos seguintes temas: condições de vida estudantil, o campus na cidade, novos desafios na formação e o digital no campus.

 

Projecto da Universidade de Coimbra entre os seis finalistas

O projeto R€cycler, da Universidade de Coimbra, tem como objetivo principal a sensibilização da comunidade académica para a reciclagem de dois resíduos principais: o plástico e os equipamentos elétricos e eletrónicos (EEE). Segundo uma das responsáveis pelo projeto, a professora Helena Gervásio, “a taxa de reciclagem [do plástico], pelo menos em Portugal, continua a ser muito baixa (os dados mais recentes apontam para uma taxa de reciclagem de embalagens em plástico de 35%) e o seu impacto no meio ambiente é, como todos sabemos, muito grande”. Em relação aos resíduos EEE, alerta não só para o facto de, com o avanço tecnológico, estes serem cada vez mais abundantes, como também para a importância de serem devidamente encaminhados e, em alguns casos, recuperados.

O projeto pretende incentivar a reciclagem “através da colocação de pontos de recolha espalhados pelo campus”, com uma “pequena retribuição económica” para quem colaborar, e de “sessões de esclarecimento e de sensibilização da comunidade académica para a questão da valorização e reciclagem destes e outros resíduos”.

A professora universitária salienta ainda a crescente preocupação com as questões da sustentabilidade e destaca que “estas iniciativas vêm das instituições, mas também dos próprios estudantes”, que cada vez mais se manifestam e introduzem novas práticas na vida universitária.

“A Universidade de Coimbra está fortemente comprometida em promover os ODS e implementar comportamentos mais sustentáveis em todas as suas atividades”, tendo como principal objetivo ser “a primeira universidade portuguesa a alcançar a neutralidade carbónica” e “promover uma cidadania ativa, socialmente responsável e inclusiva”, com metas bem estabelecidas, a curto e longo prazo.

 

O desafio final

Numa primeira fase de seleção, 30 equipas foram convocadas para continuar a desenvolver os seus projetos, sendo que, após nova seleção, apenas seis propostas serão apresentadas na final do próximo dia 5:

  • BIOWAySTE, da Universidade de Balamand, Líbano
  • Interdisciplinary Idea, da Universidade Gadjah Mada, Indonésia
  • Les strasbourgeois, da EM Strasbourg Business School, França
  • Plasma, da Universidade Estadual de Campinas, Brasil
  • R€cycler, da Universidade de Coimbra, Portugal
  • WE LEARN WE LAB, da Universidade Senghor, Egipto

As seis equipas finalistas serão acompanhadas pela Sparknews, um dos parceiros do UNRIC, na preparação da sua apresentação. O evento consistirá numa mesa redonda com o tema “De que forma estão as universidades a contribuir para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda 2030?” e é expectável que cada equipa defenda a sua iniciativa e responda a questões colocadas pelo júri.

A final será transmitida em direto no Youtube e na página de Facebook da AUF no dia 5 de junho, sexta-feira, entre as 13:00 e as 16:00 de Portugal.

Os três melhores projetos ganharão uma semana de “Expedição de Aprendizagem” oferecida pela AUF, válida para dois membros da equipa  (com viagem, formação, reuniões profissionais e estadia incluídas).

ONU News

ONU75: Nações Unidas e os métodos da prevenção e mediação...

Na véspera da celebração dos 75 anos, a ONU anunciou que as partes em conflito da...

Encontro global endossa prioridades de educação pós-pandemia 

Cerca de 11 chefes de Estado e 64 ministros da Educação de 97 países...

ONU destaca avanços para a paz na Líbia

Depois de dois dias de negociações, as partes em confronto na Líbia chegaram a um acordo...

Golfo Pérsico: desafios não devem impedir “confiança e melhores perspetivas de diálogo” 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse ao Conselho de Segurança que a “imensidade” dos desafios que se avizinham...

Chefe da ONU felicita Bolívia por eleições “participativas e...

O secretário-geral da ONU, António Guterres, felicitou nesta segunda-feira o povo boliviano pela realização de “eleições altamente participativas e pacíficas.” Cidadãos...